Como conseguir um emprego em 5 passos?

Em algum momento da sua vida você já se perguntou: como conseguir um emprego? Seja ao iniciar a sua carreira profissional, após ter sido desligado (a), ou ao imaginar uma mudança na sua carreira, essa pergunta sempre atormenta a cabeça de quem busca uma nova oportunidade.

O questionamento assombra tantos profissionais por sentirem que se recolocar no mercado de trabalho é uma loteria. Outros pensam que o QI (quem indica) ainda é o fator mais importante, enquanto outros ainda pensam que não existe uma forma clara de se preparar para este processo.

Porém, após ter atendido centenas de profissionais de todo o Brasil (e até no exterior) com serviços de consultoria para preparação para processos seletivos, acabei desenvolvendo um conjunto de melhores práticas para que qualquer pessoa possa ter um ótimo desempenho nessa etapa e conquistar mais rapidamente o emprego.

 

1- Elaborar adequadamente seus documentos para apresentação do perfil profissional

Para se candidatar em qualquer vaga, você precisará apresentar brevemente o seu perfil profissional. Seja através de um currículo ou do seu perfil no LinkedIn, estas informações precisam estar descritas de forma clara e objetiva para que o recrutador possa entender se você possui as características necessárias para a vaga ou não.

Ainda assim, não basta apenas descrever este conteúdo da forma adequada. Você precisa montar um currículo com um design e uma estrutura que facilite a leitura e demonstre profissionalismo, mas não se preocupe, pois, neste artigo, eu explico como escrever um currículo campeão.

No LinkedIn, você não precisa se preocupar com a formatação, mas é fundamental se atentar a outros detalhes. Preencher o máximo de informações em seu perfil vai permitir que a plataforma entenda melhor os seus interesses e possa te encaminhar as vagas mais alinhadas ao seu perfil.

 

2- Buscar vagas e se candidatar

Eu sei que cada um desses passos pode te parecer óbvio, mas com qual qualidade você tem se dedicado em cada passo? Ao buscar vagas, por exemplo, você se contenta em procurar nos sites de emprego ou busca oportunidades em outros locais?

Você pode procurar vagas no LinkedIn utilizando as indicadas pela rede social ou seguindo as páginas de empresas que te interessam. Você pode fazer o mesmo em outras redes sociais, como Facebook e Instagram. No Facebook, existem até diversos os grupos de vagas de emprego onde, diariamente, são postadas oportunidades de emprego.

Sites de consultorias de RH, agencias de emprego e, até mesmo, os sites das empresas que tem interesse em trabalho são ótimos canais para encontrar vagas, mas nunca se esqueça dos seus contatos pessoais (as pessoas com quem já trabalhou, familiares e amigos). Fale sobre a situação que se encontra e pergunte se conhecem oportunidades. Saia do comum e abrace qualquer oportunidade para encontrar o emprego que deseja.

 

3- Preparação para participar das fases de seleção

Muitos profissionais me dizem que não há como se preparar para o processo seletivo e este é um erro muito grande. Você pode se preparar fazendo apresentações de dois minutos em sua casa, estudando para possíveis testes de conhecimento e, até mesmo, se preparando para perguntas comuns nas entrevistas.

Talvez você até saiba alguns questionamentos que lhe farão na entrevista, mas por que insiste em não aprender a melhor forma de responder a elas? Por que não treinar o que responder nesses momentos e evitar que o nervosismo ou ansiedade te afetem?

Eu sei que existem situações no processo seletivo que não podem ser previstas, mas isto não te impede de se preparar para todas as outras que você sabe que enfrentará!

 

4- Coletar feedback de cada fase que participar

Sei que, talvez, você esteja pensando que esta é uma tarefa impossível. Afinal, se os profissionais mal informam se você foi eliminado ao longo do processo seletivo, como te dariam um feedback mais completo do seu desempenho?

Ainda assim, você já buscou obter um feedback sobre o seu desempenho em uma dinâmica de grupo ou entrevista? Você chegou a solicitar este feedback assim que a seleção acabou? Garanto que 30 segundos não irão atrapalhar o profissional de RH, ainda mais porque 95% dos candidatos nunca vai pedir esse retorno.

Busque entender o que fez de errado ou o que afetou negativamente o seu perfil. Só assim poderá melhorar para o próximo processo seletivo. Lembre-se: você não consegue mudar o que não conhece!

Vagas

 

5- Ajustar qualquer ponto de melhoria

Caso tenha conseguido o seu feedback, ótimo. Senão, analise o que poderia ter feito de uma forma melhor. Você sempre conseguirá ter uma resposta para melhorar o seu desempenho em uma próxima oportunidade.

Liste estes pontos de melhoria e identifique de imediato o que deve fazer para corrigir. Sei que características comportamentais não são tão simples de ajustar, mas todo dia você tem inúmeras oportunidades para treinar.

Se você possui uma comunicação muito agressiva, busque se comunicar a cada momento com mais paciência, inclusive ouvindo mais o outro. Se você é tímido, talvez seja a hora de encarar os seus medos e se comunicar mais na padaria, no ônibus ou na sua vizinhança. Entre em ação e pratique! Ninguém nasceu pronto, mas a dedicação é fundamental neste processo de aprendizado.

 

_

Sobre o autor
Allan Lopes é  Coaching Sistêmico, membro da Internacional Coach Federation, Master Practitioner em PNL e especialista em gestão de performance e em processos de mentoring e coaching aplicados ao ambiente corporativo. Sócio da Soar Desenvolvimento Humano e responsável pela área de Consultoria em Recursos Humanos.

O post Como conseguir um emprego em 5 passos? apareceu primeiro em Portal Carreira & Sucesso.

Fonte: https://www.catho.com.br/

Ultimas Vagas

Comentários no Facebook