Nube deve oferecer 32 mil vagas de estágio no 1º trimestre de 2017

O cenário de contratações para 2017 ainda não é muito animador para quem busca um emprego, mas uma boa saída para os jovens estudantes são as oportunidades de estágio. Segundo o Nube – Núcleo Brasileiro de Estágios, a expectativa é 32 mil novas vagas sejam criadas no primeiro trimestre de 2017, um crescimento de 3,2% em relação ao mesmo período do ano passado, quando o número era de 31 mil.
O número projeta um cenário otimista se comparado a 2016, quando ocorreu uma queda de 10,1%. Assim, em 2017, estima-se 5.600 vagas para o ensino médio e técnico (alta de 1,8%). Já para o nível superior, são 26.400 (alta de 3,5%). “Os três primeiros meses trazem boas perspectivas pois, com o fim do ano, muitos contratos são encerrados e há necessidade de preenchimento nas equipes”, explica Carlos Henrique Mencaci, presidente do Nube.


Com as férias escolares, Mencaci ressalta que é importante que o estudante não perca o foco, perdendo oportunidades. “Durante essa fase, as faltas nas dinâmicas chegam a 70%. Logo, com a alta das vagas e diminuição de concorrentes fica mais fácil obter êxito”, ressalta.
Para se destacar durante a entrevista, o candidato precisa controlar o nervosismo, conhecer a corporação e seu ramo de atuação, mostrar espírito de equipe e, principalmente, ter um bom português. “Cerca de 40% são eliminados, logo na primeira etapa, por não saberem escrever corretamente, não terem concordância verbal e textual e falarem muitas gírias”, afirma Mencaci.
Veja as áreas responsáveis por mais contratações, separadas por nível, são:
Superior
1) Administração (22,3% das oportunidades)
2) Engenharia (14,9%)
3) Comunicação social (11,5%)
4) Direito (9,1%)
5) Pedagogia (7,5%)
Superior Tecnólogo


1) Análise de sistemas (18,8%)
2) Recursos humanos (16,6%)
3) Marketing (10,4%)
4) Logística (8,6%)
5) Tecnologia da informação (6%)
Médio Técnico
1) Administração (33,1%)
2) Informática (8,7%)
3) Eletrônica (8,5%)
4) Segurança do trabalho (5,1%)
5) Química (5,1%)


Fonte: G1

Vagas

Ultimas Vagas